Se você curte filmes como “Gladiador” e também se amarra em jogos do tipo “management”, então Domina é um título obrigatório para você ter em sua coleção!

Domina é um jogo de batalhas em arenas. Você treina os seus gladiadores, compra armas, contrata treinadores e melhora a estrutura do seu centro de treinamento. Ao mesmo tempo, você precisa participar do jogo político para conseguir vantagens e melhores oportunidades de combates.

Sobre o jogo

O jogo é extremamente viciante. A quantidade de armas, armaduras e habilidades dos gladiadores é imensa, ainda mais se você habilitar o modo beta no Steam.

Os gráficos são pixelados e os efeitos sonoros são bem legais. O desenvolvimento do jogo é aleatório, ou seja, cada vez que você jogar, terá uma dificuldade diferente e enfrentará novos inimigos.

Inicialmente, as batalhas são automáticas, ou seja, seus gladiadores lutam por conta própria. Existe um upgrade que possibilita ao jogador controlar cada um dos seus lutadores, mas pode ser difícil, já que as batalhas são bem rápidas.

Existem três classes de gladiadores: uma mais equilibrada, que utiliza espadas e escudos; outra focada em defesa, que utiliza redes e lanças; e outra com foco em ataque, que pode utilizar espadas nas duas mãos. Nas lutas em grupo, é bem interessante diversificar a sua equipe para que um gladiador possa cobrir o ponto fraco de outro.

Se você avançar um pouco mais, irá participar também de corrida de bigas, aquelas pequenas carruagens puxadas por cavalos, o que achamos bem interessante para quebrar a repetição tradicional do jogo.

Vídeo de apresentação

Concluindo

Domina é um jogo que certamente irá satisfazer os amantes do gênero gerenciamento de recursos. Algo que o jogador tem que ter em mente é: os gladiadores são descartáveis, podem morrer a qualquer momento no jogo E NÃO VOLTAM (permadeath)! Portanto, se o seu guerreiro favorito morrer em combate, você precisa desapegar… ou iniciar uma nova partida.