Um jRPG clássico, ambientado no Brasil imperial, sobre dois africanos em situação de escravidão lutando por liberdade!

A história brasileira é bastante rica e pouco explorada em jogos digitais. Por isso, percebemos a oportunidade de contar uma narrativa baseada no cenário do Brasil Imperial. Mandinga: A Tale of Banzo foi desenvolvido pelo estúdio brasiliense Uruca Game Studio e é um spin-off de outro título da empresa: Banzo – Marks of Slavery.

O jogo acompanha dois africanos em situação de escravidão que trabalham em uma fazenda de plantação de cana-de-açúcar. Ao contrário do que muitos acreditam, os negros escravizados eram bem distintos entre si, tinham culturas, línguas e crenças diversas. Muitas vezes essas diferenças se refletiam na própria situação dos escravizados, pois alguns possuíam tratamento diferenciado e ocupavam postos de serviços menos penosos que outros.

Akil, da etnia Mandinga, é um mulçumano intelectual com conhecimentos diversificados. O senhor da fazenda, Gaspar, colocava Akil para trabalhar com pequenas vendas na cidade de Salvador. Ele possuía um casebre perto das hortaliças.

Obadelê, da etnia Iorubá, é um forte guerreiro da capoeira. Por não se comunicar tão bem, mas possuir extrema força, Gaspar o colocava para trabalhar na lavoura, sob sol forte, mais de 12 horas diárias, sem descanso. Ele ficava junto a outros escravizados na senzala.

Um dia, o destino desses dois africanos se cruza, fazendo com que se unam para fugir e encontrar o Quilombo do Urubu, lugar onde os fugitivos encontram segurança e um propósito para continuar lutando pela liberdade.

Mecânicas do jogo

Em Mandinga: A Tale of Banzo, as batalhas são em turnos, da mesma forma que os clássicos jRPGs da Era de Ouro do SNES e Mega Drive. A diferença é que o conjunto de dados é utilizado para atacar e lançar habilidades.

Itens equipáveis, como armas, armaduras e acessórios, e habilidades destravadas por nível fornecem um dado para o conjunto do personagem. O máximo de dados que cada personagem pode jogar, em uma batalha, são cinco. O jogador pode montar até cinco desses conjuntos para serem usados durante a batalha, podendo trocar conforme a estratégia do momento.

Algumas habilidades possuem um efeito especial chamado afinidade. Esse efeito é ativado quando dois dados revelam suas faces correspondentes, um seguido do outro. Eles se juntam para formar uma única ação especial. Por isso, é importante ordenar e configurar os conjuntos de dados corretamente.

Trailer

Mandinga: A tale of Banzo é uma aventura com elementos do Brasil Imperial, acompanhando a saga de dois negros que lutam para sobreviver e conquistar a liberdade. O conceito original do jogo foi feito por um gamedev graduado e mestre em História, e o roteiro foi escrito por um dos roteiristas do jogo Icarus Online.

O jogo será lançado dia 17 de setembro de 2021, na plataforma de distribuição de jogos digitais Steam – https://store.steampowered.com/agecheck/app/1475890/. Para mais informações, acessem: www.urucagames.com/mandingagame.