Fizemos um review desse belo jogo brasileiro que será lançado nos próximos dias no Steam! Confira o que Painters Guild tem para oferecer ao público.

ATENÇÃO! O TEXTO A SEGUIR PODE CONTER SPOILERS (revelação de enredo)!! Para continuar a ler, clique no link abaixo!

Clique aqui para revelar e ler o artigo

Painters Guild é um game de simulação 2D, em que o jogador precisa administrar uma guilda (espécie de associação durante a Idade Média) de pintores, na Itália, durante o período conhecido como o Renascimento. Confira a experiência que tivemos ao jogar esse jogo.

Clique aqui para ler a entrevista com o desenvolvedor de Painters Guild, Lucas Molina!

Tempo de jogo:

guild

Jogamos o game por 10 horas quase seguidas! É bastante divertido!

O gameplay é longo, jogamos por 10 horas e não conseguimos chegar ao final. Os elementos de expansão e customização da guilda nos motivam a querer sempre melhorar e ter mais e mais…

O jogo possui muitos acontecimentos que “quebram” o gameplay e tornam o jogo mais dinâmico, como: grandes trabalhos, em que seus pintores são convidados a pintar igrejas; julgamento de pintores homossexuais; confusões em que seus pintores se envolvem nas horas vagas; e anúncio de acontecimentos históricos que influenciam o andamento do game.

Dificuldade:

guildcidades

Cidades disponíveis para instalar a guilda

O jogo não tem seleção de dificuldade. No começo da partida você pode escolher entre três cidades italianas, cada uma com um bônus diferente, assim o jogador pode focar sua estratégia no que achar mais conveniente.

Achamos um pouco difícil de ganhar dinheiro. Se o jogador não ficar esperto, pode gastar muito com tintas de emergência sem necessidade.

Gráfico e som:

O desenvolvedor adotou um estilo bem pixelado para o Painters Guild. O pixelArt é bem feito e muito agradável aos olhos. Dá pra perceber que foi tomado bastante cuidado para passar ao jogador a sensação de estar na Itália do século XV.

ss_008206c4ca1f031730d515d67cde6c121735dbf4.1920x1080

Uma guilda já com a primeira expansão.

Assim como praticamente todos os jogos de simulação, o cenário de Painters Guild é praticamente estático. O plano de fundo permanece o mesmo durante todo o jogo, só pode ser alterado no começo do jogo, ao escolher a cidade.

Os sprites dos personagens são bem diversos e o jogo possui muitos itens, quadros, móveis e estilos internos da casa da guilda, o que não deixa o game ficar visualmente monótono.

O som é bem agradável e não enjoa o jogador. Fica como achamos que deve ficar: lá no fundo, como se não existisse, mas transformando o ambiente sem que o jogador perceba.

Elementos de jogo:

O jogo é fortemente baseado em referências históricas, e alguns acontecimentos podem influenciar sua guilda ou mesmo os seus clientes que vão comprar quadro com os seus artistas. Uma dica: pintores homossexuais são mais perseguidos e podem acabar mortos pela Igreja, você terá que arcar com os custos da defesa deles para diminuir a chance de condenação.

Atenda bem os seus clientes, não os deixe esperando muito tempo ou eles podem sair insatisfeitos. A credibilidade da sua guilda irá determinar o nível social dos seus clientes, quanto mais credibilidade, mais clientes com poder aquisitivo elevado aparecerão em sua guilda.

Seus pintores também podem ser convidados para realizar a decoração interna de igrejas. Para isso, eles precisarão passar alguns dias fora da guilda e, a depender do nível de habilidade e estilo do pintor, pode existir uma chance de fracasso.

ss_3f4dc26c633acbcea7fc9d44fe22711ddce233f8.1920x1080

Guilda escolhida para fazer a pintura de uma igreja.

Equipe sua guilda com móveis e decorações internas. Alguns móveis são úteis para treinar seus pintores, aumentando assim suas habilidades, outros são necessários para manter o nível de tinta sempre disponível, e as decorações servem para dar mais credibilidade, atraindo clientes mais “refinados”.

Enquanto o tempo passa, seus pintores podem ganhar experiência (se forem treinados) e envelhecem com os anos. Como não são imortais, eles irão morrer em algum momento. Chegamos a ter um pintor com 99 anos! Acho que deve ter sido o pintor mais idoso da Itália renascentista… *ba dum tsss*.

ss_74d165ed4052ce6d0bbec2b7bf5fb9a926d0edef.1920x1080

Móveis e decorações que podem ser compradas para equipar sua guilda

Existem três níveis de pintores, que mudam conforme o aumento de habilidade do personagem. Para deixar de ser um aprendiz, o pintor precisa fazer uma viagem pelo mundo, e fica dois anos longe da sua guilda. Já para se tornar um mestre, o pintor precisa realizar uma obra-prima, mas só tem uma chance de fazer isso!

Concluindo:

Achamos o jogo incrivelmente agradável. Só conseguimos notar um detalhe que nos pareceu negativo: quando a guilda cresce demais, é muito chato (e difícil) colocar os pintores para descansar a todo momento. Talvez fosse melhor um sistema em que os personagens largassem o trabalho para descansar automaticamente, já que uma guilda grande tem muitos pintores para arrastar para o descanso e depois colocá-lo de volta ao trabalho.

Quem gosta de jogos de simulação NÃO pode deixar de comprar Painters Guild. Um jogo extremamente simples e incrivelmente agradável, com uma temática histórica digna de um pesquisador com mestrado na área.


  • Gostou desse post? Clique nos botões para compartilhar com seus amigos no Facebook, Google+ ou Twitter!
  • Tem algo a falar sobre o Painters Guild? Tem algo a falar sobre o jogo? Comente aqui embaixo!