A Uruca Game Studio, desenvolvedora independente localizada em Brasília-DF, lançou, no mês passado, o game Queen of Seas 2, seu terceiro jogo comercial no Steam, sendo a primeira continuação de um título da empresa.

Finalizar, lançar e vender um jogo é um marco para todo indiedev. Finalizar, lançar e vender uma continuação do seu primeiro jogo é, sem dúvidas, uma conquista ainda mais marcante para os indiesdevs.

O novo jogo, embora seja tenha muitas diferenças do seu antecessor, manteve a sua essência original de ser um game com temática submarina e enredo baseado em elementos populares da cultura afro-brasileira.

Conheça o jogo

Queen of Seas 2 é um jogo majoritariamente de plataformas com gráficos 2D pixelados. O enredo é forte e está bem inserido no desenvolvimento da partida. A narrativa se passa em uma vila de pescadores, o protagonista percebe que a população local está perdendo a fé em Yemanjá, a entidade protetora dos pescadores, e resolve descobrir o que está acontecendo.

Cada morador tem a sua própria história e procuram esquecer seus traumas, deixando suas memórias no fundo do oceano. Cabe ao jogador coletar essas memórias para mostrar ao seu colega que Yemanjá sempre esteve presente, mesmo nos momentos mais difíceis. O objetivo do jogo é fazer com que toda a vila volte a acreditar em sua padroeira.

O jogo possui dois momentos distintos: em terra firme, que é quando o jogador pode explorar uma pequena vila, conversar com moradores, ativar as missões, descobrir itens escondidos, etc. Depois de ativar alguma missão, o jogador pode ir para o barco e iniciar as fases subaquáticas, que tem como objetivo coletar as memórias perdidas dos respectivos moradores.

Nas fases aquáticas, o jogador enfrenta obstáculos e animais marinhos, como ostras, tubarões, caranguejos, águas-vivas, entre outros. É possível escolher entre duas roupas de mergulho, uma mais tradicional (a mesma do primeiro jogo) mais lenta e mais resistente, ou uma roupa mais moderna, que é mais rápida e pula mais alto. Durante as missões, o jogador pode coletar moedas, que servirão para fazer melhorias na roupa de mergulho escolhida.

Queen of Seas 2 possui sete fases únicas, além de um pequeno mundo para exploração, com algumas sidequests que não influenciam diretamente no jogo, servem apenas como conquistas desbloqueáveis no Steam.

O jogo possui um gameplay de duas horas se o jogador vencer as missões de primeira, ou seja, dá pra passar, em média, umas três ou quatro horas jogando, já que precisa de algumas tentativas para pegar a “manha” do jogo.

Veja o vídeo de apresentação do jogo

Concluindo

A Uruca Game Studio entregou o Queen of Seas 2 como um jogo bem mais completo que o seu antecessor. Mesmo sendo um jogo um pouco “devagar”, já que se passa quase que totalmente embaixo d’água, é surpreendentemente divertido. Para quem gosta de jogo com história,  a narrativa do jogo é realmente muito boa, por isso Queen of Seas 2 venceu o edital App Pra Cultura de 2017, realizado pelo Ministério da Cultura.

Visite a página do jogo no Steam.