Game brasileiro em desenvolvimento agrada o público internacional, começa muito bem sua campanha de financiamento coletivo e é um dos jogos mais votados no Steam Greenlight! Conheça o jogo Tiny Little Bastards!

O Indie Game começa sua segunda semana de existência com a entrevista feita com João Requião, programador e cofundador da Overlord Game Studio, desenvolvedora sediada no Rio de Janeiro – RJ.

João nos contou sobre o projeto atual do seu estúdio, o RPG de ação Tiny Little Bastards, falou um pouco sobre sua experiência de fundar um estúdio de desenvolvimento de games, o desafio de desenvolver e promover um jogo independente e também sobre a aventura de coordenar uma campanha de financiamento coletivo em site internacional.

Clique aqui para ler nosso artigo sobre financiamento coletivo (crowdfunding)!

Antes da entrevista, que tal conhecermos um pouco sobre o jogo?

Conheça o jogo:

Tiny Little Bastards é um jogo do gênero RPG de ação, 2D estilo plataforma. O jogador controla Ivarr, um viking dono de uma taberna, que teve seu estoque de cerveja saqueado por uma horda de goblins. Sem alternativa, Ivarr embarca em uma aventura para recuperar sua cerveja das garras dessas infames criaturas!

Screenshot_0009_Layer-1

Ivarr se aventura pulando entre ilhas flutuantes.

O Indie Game gostou bastante do gráfico adotado pelos desenvolvedores, com sprites e cenários que foram totalmente desenhados à mão, que acabam por compor um ambiente bastante agradável aos olhos e uma sensação de jogo bem-humorado.

Para desenvolver o Tiny Little Bastards, o estúdio conta com uma equipe de quatro profissionais:

  • João Requião: Programador;
  • Yan Magalhães: Game e Level Designer;
  • Marcelo Ribeiro: Desenhista 2D;
  • André Colares: Músico e Designer de som.
Screenshot_0003_Layer-11

Uma das inúmeras dungeons do game

Segundo os desenvolvedores, o game terá um mundo com grande capacidade de exploração, e contará com diversas dungeons e regiões. Além disso, a partida será fortemente influenciada pelas decisões tomadas pelo jogador. A depender de suas escolhas, a aventura poderá ser modificada com a aparição de diferentes personagens.

Confira o vídeo de desenvolvimento do jogo:

https://www.youtube.com/watch?v=JgfNi147obc

E então? Gostou da proposta do jogo? Quer apoiar o trabalho dos desenvolvedores? Então entre na página do Tiny Little Bastards no Greenlight e deixe o seu SIM! Caso queira ajudar financeiramente e já garantir a sua cópia, entre na página do jogo no IndieGogo e contribua!

[ATUALIZAÇÃO, 13/08/2015] Esse jogo foi aprovado no Greenlight! Parabéns aos desenvolvedores!

Clique aqui para ver a página de Tiny Little Bastards no Steam Greenlight!

Clique aqui para ver a página de Tiny Little Bastards no IndieGogo!

Entrevista com João Requião – Overlord Game Studio

Entrevistamos o desenvolvedor do game, João Requião, da Overlord Game Studio, que nos contou mais detalhes sobre o Tiny Little Bastards e os desafios de encarar uma campanha de crowdfunding fora do país:

IndieGame: Grande João, muito obrigado por receber nosso site para essa entrevista!

Indie Game: Vamos começar a falar um pouco sobre o lado pessoal da carreira. Muitos jovens nos relatam a vontade de se tornar um desenvolvedor de jogos, porém, esbarram naquele velho dilema: família não gosta da ideia, precisam trabalhar em outro emprego, etc.  Conte para nós: há quanto tempo decidiu se tornar um desenvolvedor de games e como foi lidar com essas dificuldades?

João Requião: Bom… Eu decidi realmente me tornar desenvolvedor em 2011. Eu estava para me formar na faculdade de História (UFF) e decidi fazer outro curso de graduação pra poder focar na área de jogos. A ideia toda surgiu em uma conversa de bar com um grande amigo meu que hoje é colaborador da Overlord.
Enfim… Acabei me formando em História em 2012 e já tinha iniciado minha segunda graduação, Ciência da Computação. No final do ano fundei a Overlord com alguns amigos e começamos a trabalhar em jogos pequenos e participar de game jams.

Foi em 2013 que decidimos juntar forças e recursos para realmente abrirmos uma empresa e desenvolver jogos mais sérios. Largamos qualquer tipo de emprego que tínhamos e investimos todo nosso dinheiro e tempo na Overlord Game Studio. Tivemos que ter a coragem de aceitar os riscos envolvidos e fazer tudo ao nosso alcance para conseguir superar os desafios. Hoje estamos tendo o retorno (ainda não financeiro) dos nossos esforços.

IG: O trabalho atual de vocês é com o Tiny Little Bastards, um RPG de ação em 2D que tem como protagonista um viking dono de uma taberna. Como foi a escolha do gênero pela equipe e como surgiu a inspiração para esse tema?

JR: O Tiny Little Bastards é basicamente um mutante. Escrevi um artigo no Gamasutra a respeito da mutabilidade no desenvolvimento de um jogo e o TLB foi a grande inspiração. Todos nós somos muito fãs do gênero Action RPG, era uma evolução natural para o nosso projeto, já que estamos familiarizados com todas as variáveis envolvidas. Já o tema foi bastante fácil de desenvolver, foi uma ideia inicial nossa que acabamos polindo aos poucos e, felizmente, deu certo e as pessoas estão gostando!

IG: O game de vocês carrega referências de aspectos da vida pessoal dos desenvolvedores, como estilo, comportamento, preferências? Em outras palavras, o que tem de influência dos membros da equipe nesse pequeno grande jogo?

JR: Basicamente tudo! Até poucos dias, o Tiny Little Bastards nunca tinha sido visto amplamente pelo público. O desenvolvimento era muito fechado e raramente divulgávamos informações mais específicas. Não por não querer a participação das pessoas, muito pelo contrário! Mas as mecânicas ainda não estam MUITO definidas e o processo de mutação ainda estava acontecendo… já no fim, mas ainda sim acontecendo. Posso dizer com certeza que o Tiny Little Bastards é o resultado da mistura das experiências pessoais e gostos específicos de todos os envolvidos no desenvolvimento!

IG: O que os jogadores podem esperar de Tiny Little Bastards?

JR: Um jogo feito com muito carinho e muito humor! Queremos que o jogo seja uma experiência muito divertida e atraente! Todos os aspectos estão sendo cuidadosamente desenvolvidos pra conseguirmos extrair o máximo do potencial dos elementos. Queremos que os jogadores participem do desenvolvimento do jogo com a gente! Depois da campanha do IndieGoGo, todos os apoiadores terão acesso a um forum restrito no qual poderão participar ativamente do desenvolvimento!

IG: Acreditamos que o Tiny Little Bastards está com grande aceitação do público, já que conseguiu arrecadar 30% da meta de financiamento coletivo em apenas 6 dias! Levando em consideração que a campanha de crowdfunding do seu game está sendo realizada em um site internacional, o alto valor do dólar ajuda ou atrapalha na campanha? Como é lidar com uma campanha de financiamento coletivo em um site internacional?

JR: A situação financeira do nosso país realmente torna todo o processo de financiamento coletivo mais complicado.  A alta do dólar faz com que poucos brasileiros consigam contribuir com a campanha, por isso, estamos dando suporte agora a contribuições pela plataforma Spliplay! Todas as contribuições no Splitplay serão revertidas para o IndieGoGo nas últimas 72 horas de campanha. Por outro lado, todas as doações internacionais têm seu valor triplicado quando chegam aqui. Isso significa que, caso recebamos uma contribuição de $500 dólares, recebemos cerca de 1500 reais. Isso nos ajuda demais! Estamos tentando dar suporte aos nossos apoiadores de todas as formas possíveis! Se qualquer um tiver dúvidas, nossos canais de comunicação estão sempre abertos!

IG: Outro termômetro que indica que o Tiny Little Bastards está agradando o público é que ele já conseguiu ficar entre os 20 mais votados no Steam Greenlight. Na sua opinião, qual é a importância de ter um jogo aprovado no Greenlight para um desenvolvedor de jogos no Brasil?

JR:  A plataforma Steam é uma as maiores plataformas de distribuição de jogos do mundo, por isso a exposição que um desenvolvedor nacional recebe é extremamente positiva. O Greenlight é uma ótima ferramenta para medir a aceitação do público! Estamos com mais de dois mil votos positivos e isso é fantástico! Os comentários positivos sempre nos ajudam a ter mais vontade de desenvolver o projeto e, alguns dos negativos nos dão uma visão do que podemos melhorar! (Obviamente existem aqueles que só estão lá para xingar e falar besteira… mas faz parte né!)

IG: Falamos aqui com João Requião, essa figuraça que irá lançar esse grande game brasileiro muito em breve! Convidamos todos os nossos leitores a conhecer mais sobre o Tiny Little Bastards e apoiar esse belo trabalho da Overlord Game Studio.

JR: Muito obrigado por todo o apoio e gostaria de pedir que todos ficassem ligados nas nossas redes sociais! Estamos postando novidades o tempo todo e tem muito coisa legal a caminho! Espero que gostem do Tiny Little Bastards tanto quanto nós estamos gostando de desenvolvê-lo!


  • Gostou desse post? Clique nos botões para compartilhar com seus amigos no Facebook, Google+ ou Twitter!
  • Tem algo a falar sobre o jogo? Comente aqui embaixo!