“Um fliperama feito a 200 mãos”, esse foi o resultado da Fliper Jam 2017, uma game jam criada para construir um fliperama e desenvolver jogos para ele, tudo em 48 horas!

Não é de hoje que a cena indiedev de Brasília se destaca pelo seu grande poder de mobilização e interação entre os gamedevs da região, mas dessa vez os indies brasilienses foram mais além: cerca de 100 pessoas se uniram na Indie Warehouse (um grande galpão que abriga vários estúdios indie em Brasília, como a Behold Studios, The Glitch Factory, entre outros) para montar um fliperama e equipá-lo com os jogos produzidos lá mesmo, em apenas 48 horas.

Montagem do fliperama

O trabalho só foi possível graças ao esforço de todos, desde o pessoal da cantina, que passou sexta, sábado e domingo, trabalhando pra alimentar essa galera, até os responsáveis pelo trabalho braçal de montagem do fliperama, passando também pela criação do sistema operacional e, é claro, dos jogos!!

A Fliper Jam 2017 foi patrocinada pela Unity, que ofereceu como prêmio, um ano de licença do Unity Pro para a equipe que fizesse o melhor jogo para o fliperama. O sucesso do evento foi tão grande que tinha até youtuber gringo fazendo cobertura e entrevistando o pessoal.

Jogo produzido na Fliper Jam 2017, já rodando no fliperama.

O evento aconteceu como uma game jam (quase) normal. As equipes se reuniram e começaram a desenvolver seus jogos, mas tinham um cuidado em especial: precisavam produzir um jogo que fosse jogável em um fliperama, para isso, precisavam seguir algumas regras de adequação, como o uso de apenas dois botões, dois jogadores, etc.

Enquanto os jogos eram desenvolvidos, uma equipe ficou responsável somente pela montagem do fliperama, que precisou de muito trabalho com furadeira, parafusadeira, cola quente, adesivos, alinhamento, medição, e toda aquela poeira resultante de trabalho com madeira.

Responsáveis pela montagem do fliperama (da esquerda para a direita): Vítor Malcher (Billion Bits), Suâmi Abdalla (Uruca Game Studio) e Saulo Camarotti (Behold Studios)

No final do evento, ligaram o fliperama em um projetor e todos se reuniram na imensa arquibancada da Indie Warehouse para jogar e testar os games produzidos. O resultado foi simplesmente impressionante!

Fliperama pronto!